Proposta

A Criança,
Segundo Constance Kamii, pesquisadora das idéias de Piaget, “na essência da autonomia é que as crianças tornem-se aptas a tomar decisões por si mesmas (...). levando em consideração os fatores relevantes para agir da melhor forma para seu desenvolvimento.” (1996:108)

A partir dessas afirmativas reconhecemos no educando um ser humano, um sujeito social e histórico que está inserida em uma complexa organização social, que contribui para formação biopsicossocial desse ser humano em pleno desenvolvimento – A criança.

Nesse processo de construção do conhecimento a criança possui uma natureza singular de compreender e interagir com o mundo ao seu redor, estabelecendo relações com o meio e as pessoas que lhe são próximas, utilizando diferentes linguagens, formulando hipóteses e ideias originais sobre aquilo que busca.

Desse modo o conhecimento não se constitui em cópia dos padrões estabelecidos, mas sim, um intenso trabalho de elaboração que a criança faz através do processo de criação – significação e re-significação. Portanto Compreender, Conhecer e Reconhecer as necessidades de estímulos significativos para despertar na criança suas potencialidades e habilidades para um desenvolvimento pleno é o grande desafio da Educação Infantil e de seus profissionais.

Metodologia

A aprendizagem inicia-se com o nascimento. A educação e o cuidado na primeira infância são elementos essenciais da Educação Infantil, pois a infância é a etapa estruturante da vida. É por isso, que se buscou fazer do Colégio Plural um espaço educativo estimulante, seguro e afetivo. Contando com professores altamente qualificados para acompanhar a criança, nesse processo intenso e contínuo de descobertas e crescimento, buscando propiciar a consolidação de uma base sólida que influenciará todo o seu desenvolvimento futuro. Nesta perspectiva, o Colégio Plural se atenta para o desenvolvimento de competências essenciais para toda a sua vida.

O método de alfabetização utilizado pelo Colégio é denominado “Casinha Feliz”, desenvolvido pelas professoras Iracema Meireles e Eloísa Meireles. É um método eficaz e lúdico de alfabetização. Por meio desta metodologia, as crianças vão fazendo suas descobertas e entendendo as relações entre sons e símbolos. O resultado é imediato: desde o início da aprendizagem os alunos começam a ler pequenas palavras e frases, progressivamente. Teóricos e pesquisadores de diversos países, como os Estados Unidos, França e Canadá, afirmam estas constatações, recomendando esta forma de ensino como sendo, de todas as metodologias de aprendizagem no âmbito da Educação Infantil, a mais eficaz.

Turmas

•Maternal I – 02 anos completos até 31 de março do ano corrente. 
•Maternal II – 03 anos completos até 31 de março do ano corrente. 
•Jardim – 04 anos completos até 31 de março do ano corrente. 
•Pré – 05 anos completos até 31 de março do ano corrente.

 

Avaliação

A avaliação da aprendizagem é de extrema importância dentro do processo ensino-aprendizagem, tem como objetivo fornecer dados para que o professor possa analisar a eficácia do seu processo de ensino, da necessidade de rever, reorientar ou reforçar a aprendizagem em desenvolvimento.

Avaliar é, sobretudo, pautar as mudanças que precisam ser feitas. Aspectos de observação com o auxílio da família na formação de novos hábitos:

  • Pontualidade

  • Assiduidade

  • Uso do uniforme

  • Tarefas de casa

  • Atendimento às solicitações da escola

  • Acompanhamento da agenda escolar

A nossa prática de avaliação é realizada dentro do processo construtivo e interativo, onde a aprendizagem deve ser considerada como um processo dinâmico, aberto e envolvente, colocando o aluno como sujeito ativo desse processo.